Songsheet

Here are the lyrics to some of the most popular songs in the set.

The choruses are in green. Please join in, the louder the better!

A Banda do Pelo – Olodum

A banda do Pelô
Arrasou no carnaval
Com seu reggae maneiro
O suinge foi legal
Não teve rock doido
Só levada de quintal

Aieié oiô
Arereque ioiô (x2)

Os tambores rufavam
E os negros clamavam
Olodum sou eu (x2)

Aieié oiô
Arereque ioiô (x2)

Embaixo, em cima
Na treze e na dois
No sambado Samba
Appelando a terra e depois
Até o infinito se foi

Zina zina zinaê
Zira zira quilelê (x2)

…………

Negrume da Noite – Ilê Aiyê

O Negrume da Noite
Reluziuo dia
o perfil Azeviche
Que a negritude criou

Constitui o universo de beleza
Explorado pela raça negra

Por isso o negro lutou, o negro lutou
E acabou ivejado e se consagrou

Ilê, Ilê Aiyê
Tu és o senhor,
dessa grande nação
E hoje os negros clamam
A benção, a benção, a benção

Odé comorodé
Ode are re, odé
Comorodé ode, ode are re

…………

A Vida Tava Tão Boa – Coco Raizes de Arcoverde

A vida tava tão boa
Pra que mandou me chamar

Eu tava no Juazeiro
No sertão do Ceará

Eu tinha treze anos
Você pode acreditar

Quando minha mãe morreu
Eu só pensava em chorar

Tava no Crato
De Crato para Monteiro
De Monteiro para o Crato
De Crato pra Juazeiro
Depois do Crato
Eu voltei para Monteiro
De Monteiro para o Crato
De Crato pra Juazeiro

Parti para o Juazeiro
Pensando em trabalhar
Fiquei com a minha tia
Na roça, eu fui plantar

Esse coco é todo meu
Você pode acreditar
Canto coco e canto roda
Para a moçada brincar

………..

Vamos Farrear – Pinduca

Vamos beber cachaca, essa gente
vamos farrear
Vamos beber cachaca, essa gente
vamos farrear
A cachaca eh gostosa
Ninguem vai se embreagar
A cachaca eh gostosa
Ninguem vai se embreagar

Se embriagar, se embriagar
Ninguem vai essa noite se embriagar
Se embriagar, se embriagar
Ninguem vai essa noite se embriagar

…………

Imperio Serrano 1962 – Rio Dos Vice-Reis

Rio de Janeiro
Obra-prima de rara beleza
Foste engalanada pela própria natureza
Rio dos vice-reis
Dos chafarizes, das velhas congadas
Rio dos capoeiras
Cenário eletrizante
Das famosas cavalhadas

Quando badalavam os sinos
Anunciando a festa do Divino
Era lindo o seu ritual
Admirado até na Corte Real
O monumento dos Arcos
Com todo o seu esplendor
Rio das lindas paisagens
E das belas carruagens
Obra de grande valor
Yá, lá, lá, yá, lá, lá, yá
O, o, o, Rio, ó meu Rio de Janeiro
Serás sempre o primeiro
Na história do mundo inteiro

…………

Mangueira 1973 – Lendas do Abaeté

Iaiá mandou
Ir a bahia
No abaeté para ver sua magia
Sua lagoa
Sua história sobrenatural
Que a mangueira traz pra este carnaval

Janaína agô agoiá
Janaína agô agoiá
Samba corima
Com a força de iemanjá

Oh! que linda noite de luar
Oh! que poesia e sedução
Branca areia água escura
Tanta ternura no batuque e na canção
Lá no fundo da lagoa
Com seu rito e sua comemoração

Foi assim que eu vi
Iara cantar
Eu vi alguém mergulhar
Para nunca mais voltar

…………

União Da Ilha 1982 – É Hoje

A minha alegria atravessou o mar
e ancorou na passarela
Fez um desembarque fascinante
No maior show da terra
Será que eu serei o dono dessa festa
Um rei
No meio de uma gente tão modesta
Eu vim descendo a serra
Cheio de euforia para desfilar
O mundo inteiro espera
Hoje é dia do riso chorar

Levei o meu samba pra mãe de santo rezar
Contra o mal olhado eu carrego meu patuá

Acredito
Acredito ser o mais valente nessa luta do rochedo com o mar
E com o ar!
É hoje o dia da alegria
É a tristeza, nem pode pensar em chegar

Diga espelho meu
Se há na avenida alguém mais feliz que eu
Diga espelho meu

…………

Tumaraca – Nação do Maracatu Porto Rico

Tumaraca; Tumaracatu x8

O povo do Recife que ver Nacao Port Rico acender

O nosso rei que vem de Africa Rainha se coroou
Nago Nago, rainha se coroou

Tumaraca; Tumaracatu x4

O nosso rei que vem de Africa Rainha se coroou
Nago Nago, rainha se coroou

Tumaraca; Tumaracatu x8

O nago que veio da Africa
Chegou no Brasil e se consolidou
Ja estamos no ano dois mil
Sautando os quinhentos ano do Brasil

Sou Pernambucano
A minha nacao e nago
Sou maracatu
Maracatu de Xango

Eu vou, eu vou
Saudando os meus ritmos
Mostrando pra esta gente
Maracatu Porto Rico

Salve minha mae Yemanja
A rainha do mar
E o nosso pai Oxala
No milenio dois mil vem abencoar

…………

Caxambu – Almir Guineto

Olha vamos na dança do Caxambu
Saravá, jongo, saraváEngoma,
meu filho que eu quero ver
Você rodar até o amanhecer
Engoma, meu filho que eu quero ver
Você rodar até o amanhecer
O tambor tá batendo é pra valer
É na palma da mão que eu quero ver
O tambor tá batendo é pra valer
É na palma da mão que eu quero ver
Dona Celestina me da água pra beber
Se você não me der águaVou falar mal de você
Deu meia noite. o galo já cantou
Na igreja bate o sino é na dança do jongo que eu vou
Deu meia noite. o galo já cantou
Na igreja bate o sinoé na dança do jongo que eu vou
Carreiro novo que não sabe carrear
O carro tomba e o boi fica no lugar
Carreiro novo que não sabe carrear
O carro tomba e o boi fica no lugar
Quem nunca viu vem ver
Caldeirão sem fundo ferver
Quem nunca viu vem ver
Caldeirão sem fundo ferver
O tambor tá batendo é pra valer
É na palma da mão que eu quero ver

…………